FURTO EM ESTACIONAMENTOS DE SHOPPINGS E SUPERMERCADOS

Os shoppings centers, supermercados e todos os outros estabelecimentos que oferecem o serviço de estacionamento ou manobrista, ainda que gratuitamente, tem a obrigação de garantir a segurança dos veículos ali estacionados. A responsabilidade inclui não só o veículo, mas também os objetos que estiverem dentro do automóvel.

Caso haja um furto ou roubo de veículo dentro do estacionamento, o consumidor deve guardar todos os recibos e notas fiscais dos produtos adquiridos no estabelecimento, além do ticket do estacionamento (não pode entregar aos funcionários do estabelecimento). Em seguida, o consumidor deve fazer imediatamente um B.O. (Boletim de Ocorrência).

Feito isso, notifique o estabelecimento, se houver recusa em cobrir os danos, procure um advogado e pleiteie seus direitos na Justiça. Todo tipo de prova lícita é válida, como testemunhas, recibos e notas fiscais dos produtos furtados, comprovante de compras no estabelecimento, ticket do estacionamento, dentre outros.



Vinícius March é advogado,
atuante em Direito do Consumidor e em Direito Imobiliário.


Palavras-chave: roubo em estacionamento, furto em estacionamento, carro roubado em estacionamento, carro furtado em estacionamento, carro roubado no shopping, carro furtado no shopping, carro roubado no mercado, carro roubado no supermercado, carro furtado no mercado, carro furtado no supermercado, veículo roubado em estacionamento, veículo furtado em estacionamento, veículo roubado no shopping, veículo furtado no shopping, veículo roubado no mercado, veículo roubado no supermercado, veículo furtado no mercado, veículo furtado no supermercado

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Notre Dame é condenada em R$150 mil por erro médico que causou morte

ADVOGADO DIVÓRCIO EM SP

FUI DEMITIDO POR CAUSA DO CORONAVÍRUS, E AGORA?